16 de setembro de 2017

Programa Espelho nesta segunda às 21h30

#MoniqueEvelleNoEspelho#MuriloAraujoNoEspelho

14 de setembro de 2017

#DicaDoEspelho



Assata Shakur é uma militante histórica do movimento Negro que participou no final dos anos 60 e início dos 70 do Partido dos Panteras Negras e do Exército de Libertação Negra. Acusada, entre outras coisas, de matar um policial nos Estados Unidos, Assata foi presa e passou por diversas prisões durante a década de 70, mas conseguiu fugir de uma prisão de Nova Jersey em 1979 e conseguiu pegar um voo para Cuba em 1984. Assata vive exilada desde então e em 2013 foi incluída pelos EUA na lista dos 10 terroristas mais procurados, tendo uma recompensa de 1 milhão de dólares por dicas que levem à sua prisão.
O livro traz uma coletânea de textos, entrevistas, cartas e poesias. Além de traduções inéditas de Assata Shakur.

Fonte: Assata Shakurpor Wordpress

9 de setembro de 2017

Programa Espelho nesta segunda às 21h30

#DiraPaesNoEspelho

6 de setembro de 2017

#DicaDoEspelho



Negrismo: percursos e configurações em romances brasileiros do século XX (1928-1984), nasce como um estudo de referência sobre a literatura brasileira e a literatura afro-brasileira, considerando, sobretudo, o período demarcado pela pesquisa. Sem fugir às tensões que afetam as terminologias usadas nesse campo crítico, Luiz Henrique Silva de Oliveira demonstra que a investigação científica associada à partilha de seus resultados contribui, de maneira decisiva, para a viabilização de cenários favoráveis ao entendimento da diversidade que somos, como indivíduos e como sociedade. (Edimilson de Almeida Pereira).

2 de setembro de 2017

Programa Espelho nesta segunda às 21h30


#LeandroFirminoNoEspelho

30 de agosto de 2017

#DicaDoEspelho



A descoberta do insólito livro de Mário Augusto pode ser lido como se o autor fosse/quisesse ser o descobridor de algo. Ao contrário: o insólito é o resumo da pergunta, muitas vezes preconceituosa, frequentemente feita ao surgimento de cada um dos ativistas, intelectuais, escritores e processos histórico-sociais estudados aqui, por diferentes autores, críticos, jornalistas e intelectuais. Como eles foram possíveis? Um escritor nessas condições? Isso é literatura ou documento social? Na história literária brasileira, o escritor negro passou a ser visto como uma espécie de avis rara. Dadas as condições sociais de produção e o surgimento dos autores, não raras vezes se questionou como foi possível a criação literária ter aparecido em cenários tão inóspitos ou deslocados. O insólito opera não como um elemento do universo fantástico, mas como uma via de mão dupla do cotidiano. Pauta-se, por um lado, pela história e pelas condições sociais em que negros e periféricos majoritariamente se encontram e que vivenciam; por outro, pela negação da negação, o princípio de afirmação do eu e do sujeito social, que faz com que o ativismo político e a criação literária de autores negros e periféricos se tornem possíveis.


26 de agosto de 2017

Programa Espelho nesta segunda às 21h30


#BelisarioFrancaNoEspelho

24 de agosto de 2017

#DicaDoEspelho




O canto dos escravos dá o tom nesta obra e nos transporta para o Brasil do século 18: uma realidade de fidalgos e pés-rapados, de cantos africanos e rezas católicas, um quadro vivo e riquíssimo de detalhes do violento ciclo do diamante, por meio do qual Ana Miranda reconstrói a biografia de uma personagem que nos fascina há gerações. Com narrativa colorida e vibrante, a autora revela as facetas e interpretações por trás da figura de Xica da Silva: da sedutora, capaz de dominar os homens com astúcia e sensualidade, à concubina amorosa, fiel ao marido e dedicada aos filhos, passando pelo papel de mecenas do Tijuco, de dona de cem escravos e administradora da maior riqueza de seu tempo. Uma mulher vitoriosa, revolucionária mesmo para os dias de hoje, irreverente e mandona, que superou com majestade a sua condição de escravizada, criando a lenda de uma Cinderela Negra.

19 de agosto de 2017

Programa Espelho nesta segunda às 21h30

#DricaMoraesNoEspelho

16 de agosto de 2017

#DicaDoEspelho



Se o CD de estúdio já não deixa ninguém ficar parado, o DVD Fé na Festa - ao vivo que chega ao mercado dia 14 de dezembro, promete agitar o fim de ano dos fãs de Gilberto Gil. Dirigido com maestria por Andrucha Waddington que transformou o Retiro dos Artistas num deslumbrante arraial, o show mostra o entusiasmo e a emoção de Gil com a música nordestina que foi a base de sua formação. Especialíssima participação do parceiro Dominguinhos. Incluindo sucessos como 'Qui nem Jiló/Expresso 2222' - 'Baião/De Onde Vem O Baião' - 'Esperando na Janela' e muito mais...