24 de agosto de 2009

Programa Espelho nesta segunda às 21h30







Talvez de todos os episódios exibidos nesta temporada este seja o episódio mais difícil de ser assistido por que muitas as vezes os sentimentos que ele provoca são de tristeza mas é um tema muito importante que irá fazer com que todos reflitam sobre a identidade do nosso país. E para falar sobre este assunto teremos como entrevistada Sueli Carneiro doutora em educação pela Universidade de São Paulo (USP) e diretora e fundadora do Geledés.

EPISTEMICÍDIO - morte do conhecimento! Ao pé da letra esse seria o significado da palavra.

A curiosidade levar-nos ao dicionário mais não vamos encontrar lá o vocábulo, pois se trata de um neologismo. Uma palavra inventada recentemente, diga-se de passagem, para dar conta de um certo tipo de “morte” muito comum, em situações históricas que se repetem há milênios. Acontece toda vez que um grupo de pessoas –ou uma nação - mais forte do ponto de vista bélico, econômico e/ou cultural domina um outro grupo, a ele impondo uma série de opressões, inclusive um tipo específico de cultura. A aculturação de povos como incas, maias e astecas pelo colonizador espanhol seria um bom ( ou melhor dizendo, um mal) exemplo de epistemicídio. A palavra está associada, então, a um tipo específico de violência simbólica, que vem, freqüentemente, acompanhada de violência física e suas atrocidades. Outro exemplo? Dê uma olhada nas últimas pesquisas sobre as línguas indígenas ainda existentes no Brasil. As milhares de tribos indígenas que existiam no Brasil, no século XVI, na época da chegada do colonizadores portugueses, foram exterminadas, restando apenas algumas poucas dezenas delas.


O Programa de hoje foi uma sugestão de Valter da Mata de Salvador através de email.

Horário Alternativo: Terça – feira às 16h / Sábado às 12h30

Sem comentários: