8 de maio de 2010

Artigo novo no ar...



Na véspera do Dia das mães, o Blog do Programa Espelho convida você a refltir sobre a realidade da maternidade sob um olhar que poucas vezes nos é mostrado.

Maíra Azevedo assina o artigo dessa semana com uma afimação " É bom ser mãe. Desde que seu filho esteja vivo" e completa "Sei que pode parecer mórbido escrever sobre isso quando se aproxima o dia das mães, uma data que as lojas capitalistas aproveitam para nos entupir com suas quinquilharias e com isso fazer com que a gente concorde que ser mãe é bom. É bom mesmo, aliás não maravilhoso, mas quando temos o nosso filho perto da gente e nem precisa trazer presente. Mas essa é uma realidade que nós mulheres negras, que tivemos a ousadia de parir, cada vez mais não temos. Mórbido mesmo é rezar o tempo todo para o filho não ser vítima de uma chacina, não ser apontado como um provável marginal e ter que ir ao Instituto Médico Legal para reconhecer os restos mortais, porque nem sempre nos resta o corpo."

Reflita!

Sem comentários: