8 de agosto de 2011

NOTA

Agradeço a preocupação de alguns em me informar que o grande Milton Santos faleceu. Por causa da minha entrevista concedida ao Jornal O Dia deste domingo. Compreendo a boa intenção, mas também peço que não me subestimem.

Sei que ele faleceu, assim como sei que o escritor José Saramago também. A pergunta feita na entrevista foi no campo do sonho e sonhos não tem limites. Tanto é que começo dizendo: "se fosse possível...". São duas pessoas que admiro pela obra e pensamento e se tivesse tido a oportunidade os teria entrevistado. Não fui tão detalhista em na minha resposta dizer que eles estão falecidos pois não subestimei quem fosse ler a entrevista. Reproduzo aqui somente para aqueles que não estão acompanhando a conversa.

Você faz entrevistas para o ‘Espelho’, do Canal Brasil. Se considera melhor ator do que entrevistador?

“Quando estou entrevistando nunca tenho a pretensão de ser um apresentador, sempre me coloco na posição de um curioso sobre meu entrevistado. O ‘Espelho’ é como um filho para mim. Às segundas-feiras, às 21h30, é onde tenho a certeza de que a minha voz está sendo escutada. Lá está a minha criação, meu humor e, principalmente, parceiros que ao longo desses cinco anos me ajudam a criar um pensamento sobre o Brasil do qual muito me orgulho. Melhor ator ou entrevistador realmente não saberia te responder, pois como ator tenho sempre que me reinventar, o desafio é maior. Descobrir como contar a história de Foguinho, no minuto anterior estar contando a vida de Madame Satã e no segundo seguinte viver o André. Muitos mundos e muitas adaptações”.

Quem gostaria de entrevistar no ‘Espelho’?

“Se fosse possível, o escritor José Saramago e o geógrafo Milton Santos. O desejo é grande e o ‘Espelho’ é aberto. Marília Pêra, José Junior, Lenine, tantos que é até injusto citar”.

Vai tirar férias depois da novela, viajar?

“Férias, cuidar do ‘Espelho 2012’ e ficar com saudade dos queridos companheiros de ‘Insensato’”.

Em tempo, ai vai vídeo dos dois. Sem subestimá-los é claro.

Sem comentários: