23 de outubro de 2011

Programa Espelho nesta segunda às 21h30





Carlos Moore em dose dupla no Espelho. Carlos rodou o mundo após ser exilado de Cuba ainda muito jovem. Na França, teve contato com Jean Paul Sartre e ficou amigo dos principais nomes do movimento negro mundial como: Aimé Césaire, Malcon X e Abdias do Nascimento entre outros. Dentre as muitas atividades de Carlos Moore destaca-se a de escritor. O multi-instrumentista nigeriano, Fela Kuti, com quem desenvolveu uma amizade e uma relação muito forte, confiou a Moore sua biografia “This Bitch of a life”.

2 comentários:

Mauro Malin disse...

Muito bom programa. Tudo que se disser a respeito da condição do negro no continente americano (e no mundo, ainda marcado pelas sequelas do colonialismo) ainda será pouco. Moore toca numa corda sensível quando afirma que Cuba é dirigida por uma microscópica elite de filhos de espanhóis.

Edson disse...

Melhor entrevista que já vi, as coisas que escutei faziam tanto sentido, foi uma luz para coisas que,não sei porque,nunca tinha percebido com tanta clareza...só tenho a dizer "e não é que é mesmo"..adorei!