31 de maio de 2017

#DicaDoEspelho





Mais conhecido com editor responsável pelo selo Ogum's Toques Negros, de Salvador, Guellwaar Adún surpreende pela sofisticação de Desinteiro, seu primeiro livro de poemas. O autor prima pelo esmero construtivo ao elaborar uma poética que dialoga com a tradição sem abrir mão de um constante experimentalismo. Desinteiro recebe a leitura atenta da poeta e crítica Lívia Natália.

Texto retirado na íntegra daqui



Sem comentários: