26 de julho de 2017

#DicaDoEspelho


O CD "Cria do samba", disco que marca a estreia de Nego Alvaro na carreira solo, esbanja vertentes do samba. Tem o clássico samba de roda, onde está a raiz do artista, o dolente, partido alto e até samba-rock. A obra, idealizada por Moacyr Luz, tem produção de Pretinho da Serrinha - que também fez os arrajos nos três sambas-rock do álbum - e reúne expoentes da nossa música, como Carlinhos 7 Cordas, Mart'nália, Sereno e Rildo Hora.

Sem comentários: